Trabalhar com segurança em casa

O ambiente de segurança cibernética deve ser mantido em casa, isto para preservar a segurança das informações corporativas.

A ideia é tentar aproximar o melhor possível da segurança corporativa, entendendo os limites de se trabalhar em casa, isto ate voltarmos ao normal.

Normalmente quando estamos no ambiente doméstico, temos uma tendência natural de misturar as tarefas e conseqüentemente relaxar nas medidas de segurança cibernética, isto comparado com quando estamos dentro do escritório, onde as tarefas são mais dedicadas ao trabalho.

Leve para casa apenas os dispositivos e informações absolutamente necessários

A melhor maneira de proteger informações ou dispositivos contra perda é não removê-los do ambiente da empresa acostumado. Dessa forma, eles não se perderão em trânsito ou em sua casa. Portanto, certifique-se de levar para casa apenas os dispositivos e as informações necessárias.

Proteja sua rede doméstica e comunique-se através de conexões seguras

Como você usará sua rede privada em casa, precisará protegê-la adequadamente, com criptografia WLAN forte, uma senha exclusiva e complexa e atualizações regulares. Sempre trabalhe por meio de uma conexão segura estabelecida pela VPN, especialmente se você também estiver trocando informações confidenciais ou acessando a Intranet.

Mantenha o software em todos os seus dispositivos atualizados

Trabalhar em casa, empresa e dispositivos pessoais usam a mesma rede. O tráfego de dados passa pelo mesmo roteador que conectou muitos outros dispositivos, incluindo vários eletrodomésticos inteligentes que, na pior das hipóteses, podem não ter nenhuma proteção atualizada. Todos esses são potenciais  portas  para hackers, e é por isso que é recomendável permitir que todos os seus dispositivos, sejam da empresa ou pessoais, sejam atualizados automaticamente, sempre com fator de dupla autentificação ativado.

Desative dispositivos inteligentes controlados por voz em sua estação de trabalho em casa e cubra a webcam quando não a estiver usando.

Assistentes de voz como Alexa e Siri ouvem o que está sendo dito na sala e transmitem ao fornecedor. A possibilidade dessas gravações caírem em mãos erradas não pode ser descartada. Portanto, esses dispositivos não precisam estar em salas onde você discute assuntos importantes ou pelo menos devem ser desligados. E certifique-se de cobrir a webcam no seu PC quando não estiver em uso e tenha cuidado com o que você compartilha através da função de vídeo, podemos estar sendo monitorados.

Não misture o uso pessoal e comercial de dispositivos

Faça uma distinção clara entre dispositivos e informações para uso comercial e pessoal e não transfira dados de trabalho para dispositivos pessoais. Isso impedirá qualquer saída não intencional de informações. Como efeito colateral, também ajuda a separar psicologicamente o tempo que você está “no trabalho” do tempo em que está “em casa”.

Identifique proativamente todos os participantes de reuniões on-line

As teleconferências e videoconferências são um excelente substituto para reuniões presenciais. Ao mesmo tempo, porém, é mais difícil verificar se todos na linha foram realmente convidados. É especialmente fácil para pessoas não autorizadas que adquiriram os dados de discagem se infiltrarem em grandes reuniões on-line com muitos participantes. É por isso que todos os que aparecem no software da reunião precisam se identificar brevemente, principalmente se você estiver discutindo tópicos confidenciais e compartilhando apresentações na tela.

Faça logoff quando parar de usar seus dispositivos e armazene-os com segurança

Mesmo se você estiver apenas fazendo uma pequena pausa, bloqueie a tela do seu PC e dispositivos móveis da mesma maneira que faria no trabalho, para que eles não fiquem acessíveis durante a sua ausência. E, é claro, também é necessário proteger os dispositivos contra uso não autorizado ou mesmo roubo quando eles estiverem em sua casa.
Seja extremamente cauteloso com emails ou anexos suspeitos, principalmente se você não conhece o remetente
Especialmente no ambiente familiar do seu escritório em casa, você precisa ter cuidado com os emails suspeitos. Estudos mostram que a probabilidade de ser vítima de intenções maliciosas é particularmente alta em casa. Além disso, não seja pressionado por e-mails pedindo ação imediata ou referindo-se, por exemplo, à atual crise do Covid-19. Não se apresse e examine cada e-mail cuidadosamente antes de abri-lo.

DICA : se o computador ficar mais lento. se aparecer anúncios pop-up estranhos exibidos na tela. Perda de controle do mouse ou teclado.”Se alguma dessas situações começar a acontecer”,  “não deixe de notificar a CODENET para que  possamos mitigar imediatamente os riscos.

Samuel David Camilo

Cloud Computing Specialist

Publicado por: CODENET Cloud Computing

Samuel David Camilo é especialista em Cloud Computing e Segurança de Internet. Trabalha em Tecnologia da Informação ha 28 anos. Sócio na CODENET TECNOLOGIA , tendo dirigido projetos no Brasil e Estados Unidos. Formado em Análise de Sistemas Administração de Empresas MBA em Negócios Digitais. Consultor em Adequação de Empresas a Lei nº 13.709, de 14/08/2018, Lei Geral de Proteção de Dados LGPD.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s